SEMANA MUNDIAL DA AMAMENTAÇÃO – EU AMAMENTEI!!

Adoro comemorações e campanhas! Gosto de participar e divulgar as campanhas importantes sobre saúde, afinal precisamos mais dela do que qualquer outra coisa nesta vida. E lendo um artigo lindo da minha amiga jornalista e agora blogueira Tatiane Dantas (clique aqui) fiquei entusiasmada em contar também um pouco da minha experiência.

Eu sou mamãe de duas princesas, como vocês já sabem bem, Sofia 6 anos e 1/2 e Manuela, 1 ano e 1/2. Tive duas experiências completamente diferentes! Hoje dou a maior importância para a amamentação e sempre que posso dou apoio a quem precisa, pois ao contrário do que a maioria acha, amamentar nem sempre é um processo muito fácil.

Na minha primeira gestação eu tive pré-eclampsia grave (pressão alta) e dentre tantos problemas que isto me causou, duas coisas se destacaram: a primeira é que no final da gestação minha filha não ganhava peso, ela nasceu com 1,700kg, e a segunda é que ela nasceu prematura de 8 meses.

Minha filha ficou internada por longos 24 dias na UTI para ganhar peso. Neste processo estressante de gestação complicada, parto de risco e de emergência, minha bebê na UTI, eu não consegui ver minha filha nas primeiras 24 horas de vida, também não peguei ela no colo logo que nasceu… tudo isto mexeu comigo e eu não tive leite.

NÃO TIVE NENHUMA GOTA DE LEITE! E o meu maior sonho era amamentar, achava que era natural e teria muito na hora que ela nascesse e não foi assim.

Chorei horrores e fiquei muito deprimida (ainda mais por frequentar banco de leite, onde todas as mães conseguiam tirar leite) e pedi muito a Deus para amamentar. Eu fiz minha parte: me informei e fui atrás. Além disso tive o suporte da pediatra da minha filha (a Dra. Ana Escobar – isso mesmo! É aquela pediatra do programa Bem Estar da Rede Globo, conheço ela há mais de 6 anos, antes dela aparecer na TV!) e do meu marido André Laranjeira que também é pediatra (e que foi aluno da Dra. Ana Escobar desde a época da faculdade, na USP).

Manuela entre Dr. Andre Laranjeira (papai) e Dra. Ana Escobar.
Manuela entre Dr. Andre Laranjeira (papai) e Dra. Ana Escobar.

Minha estratégia era colocá-la no peito em todas as mamadas, mesmo que não saísse nada. E assim fazia antes de dar a mamadeira. E fiz por 2 meses. Todas as mamadas do hospital e em casa, eu colocava no peito. E logo depois dava a mamadeira.

Minha filha Sofia nasceu pequena, portanto ela não tinha força suficiente para sugar no peito. O esforço da amamentação fazia com que ela perdesse peso, por isto o complemento. Mas eu não desisti!!! E depois de 2 meses desceu meu leite!!! E naquela noite tive até febre.

Por isto queridas, se o seu sonho é amamentar, NÃO DESISTA. Se informe e busque apoio de pessoas que te incentivem e profissionais capacitados que te escutem e apoiem.

Sofia sendo amamentada! Felicidade plena!
Sofia sendo amamentada! Felicidade plena!

A minha segunda gestação, a da Manuela, foi tranquila, estava mais relaxada e feliz. Tive o parto normal mais lindo dessa vida! Manuela nasceu e veio diretamente pro meu colo, trazida pelo meu marido André Laranjeira, que é pediatra e neonatologista, amamentei desde o primeiro minuto de vida dela. Isto influenciou, pois tive muito leite e amamentei até os 10 meses, sendo 6 meses exclusivos. E isto é um motivo de felicidade e orgulho.

Manu sendo amamentada. Momento mágico!
Manu amamentando!

Portanto queridas que leem esse artigo, se é isto que deseja e se tem consciência do poder da amamentação, peça ajuda que você também irá conseguir. É fundamental amamentar seus filhos (as) o máximo que puderem!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s